A Paraíba o tempo todo  |

PMJP assina ordem de serviço para transformar Lixão do Roger em parque socioambiental

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Um sonho de vida e um compromisso de gestão. Dezoito anos depois de transformar o Lixão do Roger em aterro sanitário, o prefeito Cícero Lucena vai começar a revitalizar toda a área para transformá-la em um parque socioambiental. Um passo importante na missão de devolver o espaço de 31 hectares à população foi a assinatura da ordem de serviço nessa segunda-feira (4). O documento foi assinado pelo secretário de Gestão Governamental, Diego Tavares, e pelo coordenador-geral da Unidade Executora do Programa João Pessoa Sustentável (UEP), Antônio Elizeu.

A partir de agora serão desenvolvidos os estudos e projetos de recuperação ambiental e de criação do Parque. O consórcio contratado pela gestão municipal, por meio do Programa João Pessoa Sustentável, tem até fevereiro para entregar a análise completa, orçada em R$ 1,5 milhão. “Sem esses estudos, a gente não consegue fazer as previsões de recuperação e os projetos da obra em si. Então, eles são fundamentais”, afirmou Thaís Gidi, coordenadora de Aspectos Ambientais da UEP.

Outra ordem de serviço importante na área ambiental também assinada nesta segunda-feira. Diz respeito à contratação de consultoria especializada para a elaboração do Plano de Descarbonização e Adaptação Climática. O objetivo é neutralizar a emissão de carbono na cidade até 2050 e definir o roteiro de descarbonização da economia, vinculando-o a objetivos socioeconômicos como a criação de empregos, inovação e melhoria da qualidade de vida. É também maximizar a adaptação e resiliência do município de João Pessoa frente às mudanças climáticas. A previsão é que o trabalho seja concluído em 18 meses. O investimento é de R$ 1,7 milhão.

Mais ações

O Programa João Pessoa Sustentável prioriza ainda a Segurança da Informação como uma estratégia necessária para a melhoria da gestão pública. Pensando nisso, uma terceira ordem de serviço foi assinada para a aquisição de 99 notebooks. As máquinas vão atender às necessidades de cada secretaria, de acordo com um levantamento feito por uma comissão criada para este fim. Esta é a terceira das seis ordens de serviços destinadas à renovação do parque computacional da Prefeitura.

Da Redação com PMJP

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      31
      Compartilhe