A Paraíba o tempo todo  |

PMCG pretende antecipar ensino híbrido nas escolas de Campina Grande

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Prefeito anuncia também inquérito sorológico para determinar retorno parcial das aulas presenciais no Município

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Educação, vai promover a distribuição de equipamentos tecnológicos para estudantes e professores, sendo este mais um fator importante para a mais rápida retomada das atividades presenciais nas escolas públicas do Município. Foi o que informou o prefeito Bruno Cunha Lima durante entrevista concedida à Rádio Caturité, na manhã deste sábado, 23, ressaltando do que a medida faz parte do planejamento do Programa Campina na Escola, que assegura aulas pela TV aberta (Canal 3.2).

Conforme também informou o prefeito, a implantação do modelo híbrido na rede municipal de ensino de Campina Grande poderá ser antecipada. A previsão inicial era de que as atividades nesse formato deveriam começar em setembro, porém tendem a ser antecipadas para agosto.

Inquérito sorológico

Bruno também fez ponderações sobre o avanço no processo de vacinação contra a Covid-19 em Campina Grande, sendo este mais um fator positivo para o retorno das atividades escolares no âmbito presencial.

Neste contexto, informou que será realizado um inquérito sorológico destinado a revelar o percentual de imunização dos profissionais da educação. Caso seja constatado um elevado nível de imunidade serão então tomadas todas as providências para o retorno gradual da rede municipal.

O prefeito pretende voltar a conversar com servidores e com o Sintab objetivando, se possível, antecipar o retorno híbrido nas escolas municipais, com ocupação de, no máximo, 30% da salas, distanciamento social, uso de máscara e demais equipamentos a serem fornecidos pelo Município.

Em sua visão, é um contrassenso o desejo de alguns de só retomar as atividades escolares apenas em 2022. Para o prefeito, isto só faz prejudicar a educação dos 36 mil alunos da rede municipal.

Lembrou Bruno Cunha Lima, por fim, o esforço da Prefeitura em avançar na educação apesar da pandemia do novo coronavírus, citando o projeto de educação continuada, por meio do Campina na Escola (Canal 3.2), além das ações de recuperação e de manutenção de mais de 60% das escolas e creches municipais.

Codecom / PMCG

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe