A Polícia Federal solicitou junto ao Ministério Público Federal (MPF) mais prazo para realizar novas diligências no Caso Lagoa, que investiga supostas irregularidades durante a realização das obras no Parque Solón de Lucena.

Especulações davam conta de que o caso havia sido arquivado, informação negada pela polícia que continua com as investigações.

Recentemente, a gestão Cartaxo perdeu uma ação na Justiça Federal referente às obras e deve devolver R$ 10 milhões diretamente para a União.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VANDALISMO: bandidos depredam casas de complexo Aluízio Campos em CG

Menos de dois dias após inauguração, casas do Complexo Aluízio Campos são alvo do ataque de bandidos em Campina Grande. Um vídeo feito por um morador nesta manhã de quarta-feira,…

Em nota, INCRA/PB destaca colaboração com a Operação da PF

Em nota encaminhada à imprensa na tarde desta quarta-feira (13), a Superintendência do Incra na Paraíba ratificou sua total colaboração com a Polícia Federal nos desdobramentos da Operação Amigos do…