A Polícia Federal solicitou junto ao Ministério Público Federal (MPF) mais prazo para realizar novas diligências no Caso Lagoa, que investiga supostas irregularidades durante a realização das obras no Parque Solón de Lucena.

Especulações davam conta de que o caso havia sido arquivado, informação negada pela polícia que continua com as investigações.

Recentemente, a gestão Cartaxo perdeu uma ação na Justiça Federal referente às obras e deve devolver R$ 10 milhões diretamente para a União.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF flagra motorista de caminhão cegonha dirigindo embriado na BR 230

Um motorista de caminhão cegonha foi preso pela Polícia Rodoviária Federal da Paraíba, nesta sexta-feira (20), na cidade de Patos, Sertão da Paraíba, após ser flagrado dirigindo embriagado no Km…

Incêndio destrói galpão de descartáveis, no Distrito Industrial, em JP

Um incêndio destruiu o galpão de uma fábrica de copos descartáveis, no Distrito Industrial de João Pessoa, na madrugada deste sábado (21). De acordo com as informações do Corpo de…