A Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (PROCON-Patos) realizou, nesta semana, mais uma pesquisa de preço de refeições nos estabelecimentos comerciais que trabalham com serviços de alimentos e bebidas (AB), como restaurantes, lanchonetes e quiosques do município de Patos.

Pensando em oferecer a população patoense, que passa maior parte do seu dia fora de casa trabalhando e que faz suas refeições em restaurantes, o PROCON buscou informar sobre as ofertas de serviços de refeições disponíveis no comércio.

48 estabelecimentos comerciais, em todos os bairros da cidade, participaram da pesquisa e foram avaliados os preços das refeições servidas em prato executivo e self – service sem balança e com balança baseado no valor do Kg.

Nos estabelecimentos que oferecem seus serviços no centro e nos demais bairros o valor encontrado no self – service com balança foi encontrado uma variação no valor da refeição entre R$ 19,90 a R$ 37,50; no self-service sem balança o valor ficou entre R$ 8,00 a R$ 16,00; já o prato executivo o valor varia entre R$ 7,90 a R$ 19,90.

Um dos lugares mais procurados para refeições é o Mercado Público Municipal Darcílio Wanderley, só foram encontrados os valores do prato executivo, que variam entre R$ 6,00 a R$ 10,00, e o valor do self-service sem balança com valores entre R$ 8,00 a R$ 10,00.

Os restaurastes de comida chinesa e japonesa o self-service com balança o valor varia entre R$ 38,90 a R$ 74,90 e a refeição servida sem balança foi encontrado em um único lugar no valor de R$ 15,90; já o prato executivo está entre R$ 10,90 a R$ 30,00.

O secretário do PROCON Municipal, Bruno Maia, disse que essa é a segunda pesquisa de preço de refeições do ano e que cada vez mais cresce o número de participantes como também a procura dos consumidores por essa pesquisa.

“Tendo em vista a mudança da rotina da família brasileira, essa pesquisa foi muito bem aceita na primeira vez que foi divulgada e agora ela está voltando com um maior número de estabelecimentos comerciais pesquisados e distribuídos em uma área maior da cidade”.

O secretário Bruno informou aos restaurantes que ainda não aparecem nas pesquisas de preço e que tem interesse em participar das próximas, que atualize o cadastro junto à sede do PROCON, informando o endereço, telefone e nome do proprietário que será realizado uma visita ao estabelecimento.



Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

IFPB Campus Cajazeiras oferta 200 vagas em cursos técnicos gratuitos

O Instituto Federal da Paraíba lançou edital de seleção para ingresso em cursos técnicos no semestre de 2020.1. Estão sendo ofertadas 3.650 vagas em diversos cursos em todos os campi…

Ruy participa de celebração dos 67 anos do Bairro dos Estados, em JP

Um dos bairros com vasta história de tradição e cultura de João Pessoa. O bairro dos Estados comemora 67 anos neste mês de Setembro. Para celebrar, moradores participaram de uma…