Por pbagora.com.br

A gestão do governador João Azevêdo (Cidadania) é aprovada por 62% no município de Piancó, Sertão paraibano. Os números são resultados da pesquisa Datavox/PB Agora realizada na cidade, entre os dias 18 e 19 de agosto de 2020. Em contrapartida, 34,5% dos entrevistados desaprovam a maneira como o gestor administra o Estado. Já 3,5,% não souberam ou não quiseram opinar.

CONFIRA 

O PB Agora, que comemorou neste ano de 2020 seus 11 anos de interatividade e credibilidade, contando a história, e trazendo a notícia o tempo todo, é o primeiro no segmento apenas internet a trazer números da disputa eleitoral no município para as eleições 2020.

DADOS TÉCNICOS DA PESQUISA

A pesquisa Datavox, contratada pelo portal PB Agora, foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral no dia 21 de agosto de 2020, sob o protocolo PB-09491/2020 – TSE – TRE. As entrevistas foram realizadas entre os dias 18 e 19 de agosto de 2020 e ouviu 400 pessoas com mais de 16 anos em vários bairros da cidade.

O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 4,0% pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados.

As entrevistas foram pessoais com utilização de questionário elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa e foram realizadas por uma equipe de entrevistadores do DATAVOX – Pesquisas de Opinião Pública e Estatísticas Ltda, devidamente treinada para abordagem deste tipo de público.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

João anuncia abertura de mais 147 leitos para tratamento da Covid-19

O governador João Azevêdo anunciou, nesta quinta-feira (4), a abertura de mais 147 leitos destinados ao tratamento da Covid-19 no estado. Os novos leitos serão distribuídos pelas três macrorregiões de…

Opinião: O “mimimi” de Bolsonaro é cortina de fumaça para o escândalo da mansão

O presidente Jair Bolsonaro despenca na popularidade, segundo as pesquisas mais recentes. Apesar de tudo, Bolsonaro continua polemizando com um discurso na contramão das expectativas do País, desdenhando da grave…