A Paraíba o tempo todo  |

PB está fora dos 10 Estados mais violentos do Brasil, aponta site

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Paraíba está fora da lista de estdos mais violentos do Brasil. Pelo menos é o que apontou um Levantamento feito pelo UOL. Os dados divulgado neste sábado,  mostram que a Paraíba não figura no ranking dos 10 Estados mais violentos do país. Conforme o Site, os 10 Estados com mais mortes violentas do país são, pela ordem de um a 10, Sergipe, Rio Grande do Norte,Alagoas, Pará, Amapá, Pernambuco, Bahia, Goiás, Ceará e Rio de Janeiro.

Conforme o UOL, os dados têm como base a taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes em 2016 compilada pelo Anuário do Forum de Segurança Pública, divulgados em outubro.

O Estado de Sergipe é o campeoníssimo em mortes violentas. Apresentou 64 casos por 100 mil habitantes. Em segundo lugar está o Rio Grande do Norte, com 56,9 casos. O terceiro lugar coube a Alagoas, com 55,9 mortes por 100 mil habitantes, vindo de quarto em diante até chegar ao décimo, os Estados do Pará (50,9), Amapá (49,6), Pernambuco (47,6),Bahia (46,5),Goiás (45,8), Ceará (39,8) e Rio de Janeiro 937,6).

De acordo com o portal nacional,  o indicador de mortes violentas é a soma das vítimas de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais e de policiais em serviço.

O levantamento do UOL, baseado em dados científicos e matemáticos, mostra, ao contrário, que a Paraíba ainda é o melhor lugar para se viver.

Redação com UOL

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe