A Paraíba o tempo todo  |

Pavimentação de rodovia entre Arara e Serraria prossegue em ritmo acelerado

PUBLICIDADE

As obras de pavimentação da PB-085, trecho Arara/Serraria, localizada na região do Brejo, com 15,1 km, estão em ritmo acelerado e quando forem concluídas vão beneficiar uma população de quase 20 mil habitantes. Estão sendo investidos aproximadamente R$ 18 milhões.

Os serviços na PB-085 tiveram início em julho deste ano e devem ser concluídos no primeiro semestre de 2022. No momento, a empresa de engenharia responsável pela obra, a SIGA Construtora, está realizando serviços de topografia em um dos trechos e terraplenagem em 6 km da rodovia.

Estão programados na rodovia serviços de terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação da pista de rolamento e acostamentos em Tratamento Superficial Duplo – TSD, bueiros, drenagem profunda e superficial, sinalização vertical e horizontal, defensas metálicas e cercas.

As obras, de acordo com o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, fazem parte do programa RodoviasPB, do Governo do Estado, e vão proporcionar a modernização e ampliação da infraestrutura rodoviária estadual, promovendo o desenvolvimento socioeconômico do Brejo e a geração de emprego e renda, melhorando, assim, a qualidade de vida da população local.

O gestor da obra, engenheiro José Luiz, disse que os serviços prosseguem dentro do cronograma traçado, tendo sido iniciados na saída da cidade de Arara e, agora, com mais de 6 km de terraplanagem concluída e atacada. Além disso, prosseguem os serviços de topografia em todo o trecho, a cargo do técnico Martos Antônio Soares.

Para alguns moradores de Arara e Serraria, a obra vai beneficiar diretamente os habitantes das duas cidades, mas também pessoas que se dirigem para as outras cidades da região do Brejo, encurtando distâncias e proporcionando melhores condições para a economia local. Entre os que concordam com esta opinião estão Vandilson Farias, Luiz Humberto Ferreira dos Santos, Iasmim Freire e Igo Balbino da Silva, todos residentes em Serraria.

Paulo Machado, diretor da Siga, destacou a importância da obra para toda a região, afirmando que trabalham na obra mais de 100 pessoas entre engenheiro, técnicos, pessoal especializado em terraplanagem, tratoristas, caminhoneiros e pessoal de apoio, a maioria da região, contribuindo assim para o desenvolvimento das cidades beneficiadas.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe