Por pbagora.com.br

Mesmo com a liberação das BRs, o sindicato dos caminhoneiros continua em greve e mantém cerca de 220 caminhões carregados com etanol parados no Porto de Cabedelo.

De acordo com o presidente do Sindmae-PB, Marco Antonio, a BR-101 só foi liberada após o sindicato conseguir fazer com que a empresa envolvida no problema do porto chamasse os caminhoneiros para uma rodada de negociações, que deve acontecer ainda nesta quarta.

Eles avisaram que uma nova interdição não está descartada;

“Liberamos a BR porque saímos com uma proposta para negociar com as autoridades. Depois dessa negociação, caso não tenhamos avanços, veremos se vamos retomar as atividades na BR. Mesmo assim, continuamos com os 200 caminhões parados no Porto de Cabedelo até que a nossa situação seja resolvida”, afirmou Marco Antônio.

 



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Vamos à vacinação”: João comemora aprovação de uso emergencial de vacinas

O governador da Paraíba, João Azevêdo, comemorou em rede social a aprovação pela Anvisa do uso emergencial das vacinas da Oxford e CoronaVac. “Vence a esperança”, escreveu o governador, acrescentando…

Janeiro Branco: em tempos de pandemia, CG reforça campanha pela saúde mental

Psicóloga Juliana Cunha Lima, primeira-dama, destaca importância do poder público assegurar apoio às pessoas carentes de ajuda profissional A Prefeitura de Campina Grande montou uma programação especial para a Campanha…