Por pbagora.com.br

A Controladoria Geral da União na Paraíba (CGU-PB) irá repassar ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal uma lista com os nomes de mais de 30 mil paraibanos que teriam solicitado e recebido de forma irregular o Auxílio Emergencial do Governo Federal. A informação foi divulgada pelo controlador-geral da CGU no estado, Severino Queiroz.

Segundo Queiroz, o objetivo é que os órgãos que atuam no enfrentamento à corrupção possam unir esforços com o intuito de fazer com que as pessoas que receberam o Auxílio Emergencial indevidamente realizem a devolução da quantia recebida.

– O interesse é fazer com que essas pessoas regularizem sua situações e não venha necessitar responder pelo crime de falsidade ideológica, cuja pena prevista é de 1 a 5 anos de reclusão e multa.

Para realizar a devolução do dinheiro, o beneficiado irregularmente deverá acessar o site www.devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

SES lança novos protocolos para eventos sociais, corporativos teatro e cinema

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disponibilizou, nessa quarta-feira (5), duas relações de protocolos, um para a realização de festas e eventos, e outro para o funcionamento de teatros…

Repórter esportivo Gersal Freire morre de covid-19 em João Pessoa

Morreu na manhã desta quinta-feira (6), vítima da covid-19, o repórter esportivo Gersal Freire, da CBN João Pessoa. Natural de Floriano, no Piauí, Gersal estava internado no Hospital Santa Isabel,…