A Paraíba conta agora com uma semana para debater e estimular o empreendedorismo. O Diário Oficial desta quinta-feira (19) trouxe a publicação da Lei 11.436/2019, de autoria do deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB). O parlamentar, que também é o presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico, está organizando uma programação especial, com realização de mesas redondas, palestras e debates em novembro, mês da Semana Estadual do Empreendedorismo.

Segundo a propositura, a Semana do Empreendedorismo será realizada no mês de novembro e tem o objetivo de fortalecer, apoiar e incentivar o desenvolvimento de novos negócios e suas formas associativas e cooperativas de produção, gestão e serviços. Também é sua missão estimular a formulação de políticas públicas e privadas para fortalecer o conceito de empreender. A escolha do mês se deu porque no dia 19 de novembro o Brasil e mais 160 países comemoram a Semana Global do Empreendedorismo.

“Precisamos criar mecanismos e espaços para estimular a geração de emprego e renda e o empreendedorismo é um caminho para deixar a população cada vez menos dependente do poder público”, disse o deputado.

Crescimento – Segundo dados do Sebrae, a expectativa é que este ano sejam criadas 1,5 mil novas empresas no Brasil, considerando os microempreendedores individuais, as microempresas e as empresas de pequeno porte. “Precisamos incentivar e oferecer condições para que as pessoas realizem sonhos, abram os seus negócios, empreendam”, disse Eduardo.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TJPB suspende dispositivo da lei das emendas impositivas no Município de João Pessoa; decisão cabe recurso

Na sessão desta quarta-feira (23), o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba referendou a medida cautelar deferida monocraticamente pelo desembargador Leandro dos Santos, suspendendo a eficácia do § 5º…

Justiça determina que Banco apresente imagens de cliente assaltada na agência

A desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti manteve a decisão do Juízo da 3ª Vara Cível da Comarca da Capital, que determinou a inversão do ônus da prova para que o Banco…