A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou, nesta terça-feira (28), o boletim epidemiológico semanal sobre o novo coronavírus (covid-19), que mostra um aumento na taxa de ocupação dos leitos e nos casos registrados da doença no Estado. A Paraíba atingiu a marca de 50% dos leitos de UTI para adultos, ocupados por pacientes com a síndrome respiratória. Já são 633 casos confirmados, o que significa 370 casos a mais do que o boletim anterior. Dos casos confirmados nesta terça-feira, o maior volume vem dos testes rápidos na população do município de João Pessoa com mais de 40 exames/dia positivos.

De acordo com o secretário de Saúde do estado, Geraldo Medeiros, os números do boletim refletem a baixa adesão ao isolamento social. “Estamos na vigência de um pico de incidência de novos casos e de mortes no Estado, durante este restante de abril e todo o mês de maio, e esta celeridade da ocupação dos leitos demonstra que não estamos tendo o isolamento domiciliar adequado e isso tem contribuído para o aumento no número de casos e até mesmo de mortes”, explicou o secretário.

A Paraíba registra um total de 55 óbitos por covid-19. 47% (26) eram maiores de 70 anos, com predominância do sexo masculino. O boletim aponta que os casos da covid-19 estão distribuídos por 40 municípios paraibanos. Dos casos confirmados, 50,2% (318) são do sexo feminino, e 49,8% (315) do sexo masculino.

O Estado vem apoiando os municípios e serviços com a aquisição e distribuição dos testes, principalmente dos municípios da primeira região de saúde, onde foi registrada uma maior concentração de casos, são 521 positivados, divididos em João Pessoa (410); Campina Grande (42); Santa Rita (47); Cabedelo (22). Do total de casos confirmados, 53 estão hospitalizados (nove em UTI e 44 em isolamento), 149 já se recuperaram da covid-19 e 376 seguem em isolamento domiciliar.

De acordo com o secretário executivo de saúde, Daniel Beltrammi, nos últimos sete dias, a ocupação dos leitos de UTI de adultos já ativados pelo plano de contingência estadual passou de 16% para 58%, um crescimento de 3,6 vezes, em intervalo de tempo relativamente curto. “Neste mesmo período, as internações em leitos de UTI já ativados pelo plano de contingência variaram de 3 para 5 internações ao dia, o que representa um crescimento de 167% em apenas sete dias”, ressalta. A Paraíba conta com 151 leitos de UTI ativados para esta fase do plano de contingência do novo coronavírus.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vila Vicentina tem 11 casos de covid-19 e uma morte confirmada

Até esta segunda-feira (25), o abrigo de idosos Vila Vicentina, localizado no bairro da Torre, em João Pessoa, registrou 11 casos de idosos com confirmação para a covid-19 e um…

NESTA 2ª: Romero deve anunciar medidas mais duras de isolamento em CG

Em um momento em que a crise pelo novo coronavírus se agrava em todo o Brasil e igualmente na Paraíba, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, deverá anunciar, nesta…