João Azevêdo promove reunião de monitoramento da Segurança Pública e destaca investimentos para redução de criminalidade na Paraíba

O governador João Azevêdo promoveu, nesta segunda-feira (8), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, uma reunião de monitoramento da Segurança Pública. Na ocasião, foram detalhados os números que apontam a redução de 24% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte – no primeiro trimestre de 2019 e a diminuição de 63% no número de assassinatos de mulheres em relação ao mesmo período do ano passado na Paraíba. Também foram apresentados os números que apontam uma redução de 22% no registro de assassinatos nos primeiros sete dias de abril em comparação ao mesmo período de 2018.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual destacou que os investimentos em segurança estão trazendo bons resultados. “Em todos os parâmetros que analisamos, tivemos redução de CVLI, com melhor março da década e com melhor primeiro trimestre da década, ou seja, as ações do Governo têm garantido melhor proteção e capacidade de resolução e eu agradeço a todos os homens e mulheres que integram as Forças de Segurança, fazendo com que isso ocorra”, pontuou.

""

João Azevêdo também assegurou o compromisso do Governo com a ampliação de investimentos na área da segurança. “Nós vamos continuar colocando a Paraíba nesse lugar de destaque”, garantiu.

O secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, afirmou que a gestão tem trabalhado para fortalecer as Delegacias e os demais órgãos de Segurança e tem investido nos trabalhos de inteligência e capacitação. “Nós temos muito o que fazer porque esse é um tema que precisa ser enfrentado diariamente com campanhas de prevenção articuladas com as Secretarias e outros parceiros”, comentou.

Já o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, evidenciou que todas as regiões do Estado têm alcançado resultados positivos na redução da criminalidade. “A partir do suporte logístico, tecnológico e cuidados com o ser humano, alcançamos esse resultado. São mais de 5 mil prisões e apreensões e mais de mil armas apreendidas em três meses. Esses policiais que estão nas ruas, somados aos fatores de governança e integração, fazem a Paraíba cada dia mais unida pela paz”, analisou.

Dados – O Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) apontou 77 homicídios a menos, nos três primeiros meses deste ano, do que no mesmo período de 2018, quando foram registrados 317 CVLI. Enquanto que no primeiro trimestre de 2018 foram registrados 30 casos de mortes com vítimas do sexo feminino, de janeiro a março deste ano foram 11 ocorrências.

Em relação às Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp), previstas na Lei Complementar 111/2012, das 22 existentes 17 alcançaram redução no registro de assassinatos: Cajazeiras e Queimadas (-71%); Solânea (-70%); Monteiro e Bayeux (-67%); Campina Grande zona leste (-57%); Esperança (-47%); João Pessoa zona sul (-41%); Mamanguape (-36%); Santa Rita e Patos (-28%); Itabaiana (-25%); Picuí e Itaporanga (-20%); Campina Grande zona oeste (-15%); Guarabira (-8%), João Pessoa zona norte (-3%).

""

Além disso, desde 2011, 24.540 armas de fogo foram apreendidas pelas forças de segurança da Paraíba, sendo 633 revólveres, pistolas, espingardas, entre outros armamentos retirados de circulação somente no primeiro bimestre deste ano. Os números são resultado da política de repressão à circulação ilegal de armas de fogo no estado, que instituiu bônus pecuniário para apreensões, previsto na lei.

 

Secom

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fiscalização apreende carga de cerveja sem nota fiscal na Paraíba

Ações de fiscalização de rotina em três postos fiscais da 1ª Gerência Regional da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) apreenderam cargas com cerveja, alimentos frios embutidos e registros hidráulicos…

Paraíba gera melhor saldo de empregos para o mês de setembro em seis anos

O mercado de trabalho paraibano manteve cenário positivo pelo terceiro mês consecutivo do segundo semestre e gerou o maior saldo dos últimos seis anos para o mês de setembro. Com…