A onda de ataques a bancos e caixas eletrônicos na Paraíba foi contido. As explosões que diariamente amedrontavam os paraibanos diminuíram significativamente em 2019.

De acordo com os dados do Anuário da Segurança Pública, divulgados pela Secretaria de Estado e da Defesa Social, o número de assaltos e ataques a bancos foi reduzido em 60,52%.

Os dados apontam que em 2018 foram registrados 76 casos. Já em 2019, 30 casos foram notificados.

Ainda em 2019, foram registrados seis furtos com uso de explosivos e quatro roubos. A quantidade é aproximadamente 72% menor do que a notificada em 2018, com o registro de 58 casos.

O percentual também é menor do que o apresentado em 2017, com 81 casos de furtos com explosões, cerca de 80% de casos a mais se comparados com a taxa do ano passado. Também foram registrados 10 furtos com arrombamentos e quatro roubos em 2019.

Conforme o relatório, em cinco anos, a redução foi de aproximadamente 68% de ataques a bancos. Em 2014, foram registrados 94 casos. Deles, 52 foram de furtos com explosões, 28 de furtos com arrombamentos e 14 de roubos.

O ano com o maior índice de notificações foi 2016, com 120 registros. Deles, 89 foram de furtos com explosões, 28 de furtos com arrombamentos e três de roubos.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Garantia Safra mais de 18.291 agricultores familiares vão receber benefício na PB

O Garantia-Safra, criado em 2002, integra o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) tem como objetivo garantir a segurança alimentar de agricultores familiares que residam em regiões sistematicamente…

Abrigo de idosos em JP lança campanha para se manter durante pandemia

A Instituição Espírita Nosso Lar, que mantém um abrigo para 42 idosos, vem enfrentando dificuldades para se manter, durante a pandemia do novo coronavírus. O asilo é uma entidade filantrópica…