O Programa Mulher Protegida, que faz parte do Programa Paraíba pela Paz, executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds), recebe nesta quarta-feira (11) o Selo de Práticas Inovadoras 2019 do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

O selo é uma parceria do Fórum com o Instituto Avon e tem o objetivo de reconhecer práticas desenvolvidas pelas instituições policiais, guardas municipais e órgãos do sistema de justiça criminal que têm se destacado na implementação de políticas públicas de enfrentamento à violência contra meninas e mulheres.

De acordo com a coordenadora das Delegacias da Mulher na Paraíba, delegada Maísa Félix, que vai representar o Estado na entrega do selo, o Mulher Protegida engloba iniciativas em rede entre as instituições de Segurança Pública, outras secretarias estaduais, e ainda Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e sociedade civil, e envolve o dispositivo SOS Mulher, ações educativas e outras práticas voltadas para a proteção da mulher, como a Patrulha Maria da Penha, recém-criada, iniciativa da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, que se desenvolve em parceria com a Sesds e as Polícias Militar e Civil.

As experiências vencedoras da edição 2019 receberão o selo em solenidade que acontece às 19h, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo (SP).

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Açude de Boqueirão passa dos 62% e poderá sangrar ainda este ano

Com as cheias dos rios Taperoá e Paraíba, o açude Epitácio Pessoa, localizado na cidade de Boqueirão, Cariri do estado, registrou 62,01% de volume nesta sexta-feira (27), o que equivale…

Paraíba tem 10 casos confirmados de Covid-19; 7 em João Pessoa

Em boletim divulgado no final da tarde desta sexta-feira (26), a Secretaria de Estado da Saúde confirmou que a Paraíba possui agora 10 casos positivos para Covid-19. Dentre as amostras…