O pai da mulher que foi encontrada morta e com o feto arrancado da barriga, nas margens da BR-230 em Santa Rita, fez um verdadeiro desabafo a respeito da morte da filha.

De acordo com o homem a filha tinha 27 anos e esperava o seu quarto filho. Ele ainda revelou que ela era usuária de crack e que a família não sabe quem poderia ter cometido o crime brutal.

“A gente não sabe o que aconteceu com ela, a gente não tem suspeita de quem foi. Queremos só justiça. Minha filha tinha um vício, a gente aconselha e tudo mas ela não era essas coisas que andam falando, era uma pessoa de bem, agora era escrava das drogas” desabafou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

AO VIVO: João Azevêdo anuncia medidas econômicas e sociais no enfrentamento à crise do novo coronavírus

O governador João Azevêdo (Cidadania) anuncia neste momento uma série de medidas econômicas e sociais para auxiliar as pessoas em situação de vulnerabilidade, além dos microempreendedores e trabalhadores informais paraibanos, que…

Número de casos confirmados de Covid-19 na Paraíba sobe para 20

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou na manhã desta quarta-feira (1°) em seu boletim epidemiológico que a Paraíba registrou mais um caso do novo coronavírus (Covid-19). Agora sobe para…