Por pbagora.com.br

Depois que o primeiro pedido de impeachment contra o governador João Azevêdo (Cidadania) e a vice Lígia Feliciano (PDT) foi arquivado, a oposição voltou a se reunir na Assembleia Legislativa da Paraíba e decidiu reeditar a solicitação.

Segundo o  deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas), o novo pedido de traz as  correções dos erros apontados no parecer da Procuradoria da Assembleia, no pedido anterior

“Renovamos o pedido. Suprimos as falhas, juntamos mais de mil documentos, porque a Lei do Impeachment diz que quando não se pode juntar, você indica o lugar onde os documentos estão. Esse reconhecimento de firma é burocracia desnecessária, só exige quando há uma fundada dúvida. Mas para evitar mais celeumas juntamos tudo e que a Casa encaminhe para as comissões necessárias para vir para plenário”, contou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Papai Noel dos Correios: prazo para recebimento de cartas vai até o dia 7

Está chegando ao final o prazo para que o bom velhinho possa receber cartinhas para a campanha Papai Noel dos Correios Digital. As crianças de até 10 anos de idade, matriculadas…

Covid-19: novo boletim aponta melhora no estado de saúde de Zé Maranhão

O estado do senador Zé Maranhão, internado com a Covid-19, desde o último domingo (29), segue estável, conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (1º). Maranhão está sem febre e respirando espontaneamente. Novos…