Por pbagora.com.br

Em dois dias de operação, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de João Pessoa (Procon-JP), fiscalizou 23 academias na cidade. Destas, foram 12 foram notificadas por irregularidades. A fiscalização aconteceu nos dois primeiros dias da 4ª fase de flexibilização do comércio de João Pessoa.

De acordo com a secretária Maristela Viana, todas as academias receberam notificação educativa, ainda sem multas. Nenhuma foi fechada. Essa é uma operação conjunta entre Procon, Secretaria do Meio Ambiente (Semam) e Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), além da Vigilância Sanitária e da Defesa Civil.

A Operação Proteção está analisando os seguintes itens: limite máximo de ocupação com 50% da capacidade; atendimento individual por agendamento; não realização de aulas coletivas; uso obrigatório por todas as pessoas que estiverem nas dependências do estabelecimento; distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, equipamentos e máquinas; disponibilidade de álcool em gel; limpeza constante dos aparelhos após o uso da máquina; e proibição do bebedouro.

Redação

Notícias relacionadas

Pitimbu foi a cidade da PB com mais chuvas em 2020; Cajazeiras lidera em 2021

Pitimbu foi a cidade onde mais choveu na Paraíba em 2020. Segundo levantamento feito pelo setor de Monitoramento e Hidrometria da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa),…

Como cortar a grama rápido e da maneira correta

Com um jardim bonito e bem tratado, a área externa da casa ganha mais vida e elegância. Contudo, é necessário saber como cortar a grama rápido e da maneira correta.…