O Procon de Cabedelo – em parceria com a Defesa Civil, Vigilâncias Sanitária e Ambiental e Secretarias de Infraestrutura e Segurança – realizou, nesta sexta-feira (21), uma operação especialmente programada para Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência. A ação,  que foi acompanhada por integrantes da Associação de Mães, Pais e Pessoas com Deficiência de Cabedelo (Amapedec), focou nos itens de acessibilidade na empresa Nordeste Navegações, que realiza as travessias de pedestres e carros de Cabedelo para Lucena (Costinha/Forte Velho).

Motivada por denúncias, a operação teve por objetivo garantir os direitos e a segurança dos consumidores, em especial, as necessidades ligadas aos idosos e às pessoas com deficiência, usuários da Balsa de Cabedelo.

Na ocasião, foram inspecionados, principalmente, os equipamentos de acessibilidade na balsa, lancha e nos seus respectivos locais de espera, a exemplo de sinalização vertical e horizontal, adequações e condições de banheiros e demais instalações físicas. Foram constatadas diversas irregularidades que devem ser prontamente corrigidas pela empresa responsável.

No tocante à segurança, foram verificados o acesso dos usuários aos coletes salva-vidas e extintores e ainda as condições de acesso e segurança do píer e da rampa dos referidos transportes. As inadequações e irregularidades constatadas no píer da Lancha e nas rampas de acesso ao Ferryboat serão encaminhadas aos órgãos competentes do Governo Estado e da Marinha do Brasil, para que seja realizada uma reunião com a Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan-PB), Departamento de Estradas e Rodagens (DER-PB) e Capitania dos Portos.

Ao ressaltar que Procon Cabedelo irá intensificar esse tipo de inspeção com a proximidade da alta estação, o secretário  Francinaldo de Oliveira também comentou os detalhes da fiscalização de hoje.

“Foram constatadas algumas irregularidades, principalmente relacionadas à  acessibilidade voltada às pessoas com deficiência, a exemplo da ausência de sinalização em braille, falta de banheiros com as adaptações necessárias, área reservada para estacionar o carro durante o transporte, entre outras. Dentre outras recomendações, solicitamos da empresa a sinalização da área de embarque e desembarque de pedestres, com afixação de placas indicativas, além do treinamento adequado dos funcionários para que prestem o devido auxílio aos idosos e deficientes usuários do serviço.
No mais, o Procon estará provocando as autoridades competentes para que possam ser realizados os ajustes necessários na rampa de acesso à balsa e no trapiche da lancha”

A integrante da Amapedec, Jane Nascimento, acompanhou toda a operação e relatou uma experiência negativa que havia vivenciado em um desses transportes.

“Eu tenho uma sobrinha que é cadeirante e nós estávamos fazendo a travessia na balsa quando ela sentiu a necessidade de ir ao banheiro, e nem sequer pode sair de dentro do carro, por falta de espaço, e acabou urinando ali dentro mesmo. E mesmo que ela tivesse saído do carro, os banheiros também não eram acessíveis. E isso foi muito triste e constrangedor para todos nós. Esperamos que providências sejam tomadas para que outras pessoas não passem por isso”, afirmou.

 

 

Redação com Assessoria

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Encontro Brasil-Alemanha: João Azevêdo destaca potencialidades de investimentos da Paraíba

O governador João Azevêdo participou, nesta segunda-feira (16), no Centro de Convenções de Natal, no Rio Grande do Norte, do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), evento focado nas relações entre os…

Rompimento entre prefeito e vice embaralha sucessão municipal em Brejo dos Santos

O Blog taanaraujohome.blogspot.com trouxe em sua página, neste final de semana, como andam as brigas políticas na cidade de Brejo dos Santos. Em uma entrevista extensão, o vice-prefeito admite rompimento…