Por pbagora.com.br
A partir da próxima segunda-feira, 32% dos veículos de transporte em massa voltam às ruas, atendendo pedido do prefeito Romero Rodrigues

Após uma reunião com  o prefeito Romero Rodrigues, o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Campina Grande – Sitrans, aceitou voltar a manter em circulação, a partir da próxima segunda-feira, 6, um terço da frota do Município. Neste final de semana, contudo, está mantido o recolhimento de 100 por cento dos ônibus urbanos às garagens,a  partir das 12h deste sábado, só retornando na segunda.

Com queixas sobre o impacto extremamente negativo nas receitas das empresas, por conta das medidas de isolamento social, adotadas em Campina Grande,  há praticamente duas semanas, o presidente do Sitrans, Alberto Pereira  Nascimento destacou o esforço que o setor vai fazer, mas alertou para o iminente colapso no transporte público da cidade.

O superintendente Félix Neto, do Trânsito e Transporte Público de Campina Grande, ressaltou a importância do gesto do segmento neste momento de grave pandemia, ressaltando, contudo, que as medidas restritivas adotadas pelo prefeito Romero Rodrigues e mantidas até o próximo dia 13 na cidade – e que têm reflexos diretos na economia interna das empresas de ônibus – têm um elevado grau de importância na preservação da saúde e vida das pessoas.

Notícias relacionadas

Novos selos fiscais para vasilhames de água entram em vigor na PB

Neste mês de maio, entrou em vigor no Estado da Paraíba o decreto com regras dos novos formatos técnicos de selos fiscais para vasilhames de 20 litros de água mineral,…

Notas de empenho do Governo Federal atestam que a Paraíba adquiriu testes para Covid com preços de mercado

As compras de testes para Covid-19 feitas pela Secretaria de Saúde do Estado no ano passado, ao contrário do que se informou em alguns blogs de notícias locais, estão rigorosamente…