A partir da próxima segunda-feira, 32% dos veículos de transporte em massa voltam às ruas, atendendo pedido do prefeito Romero Rodrigues

Após uma reunião com  o prefeito Romero Rodrigues, o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Campina Grande – Sitrans, aceitou voltar a manter em circulação, a partir da próxima segunda-feira, 6, um terço da frota do Município. Neste final de semana, contudo, está mantido o recolhimento de 100 por cento dos ônibus urbanos às garagens,a  partir das 12h deste sábado, só retornando na segunda.

Com queixas sobre o impacto extremamente negativo nas receitas das empresas, por conta das medidas de isolamento social, adotadas em Campina Grande,  há praticamente duas semanas, o presidente do Sitrans, Alberto Pereira  Nascimento destacou o esforço que o setor vai fazer, mas alertou para o iminente colapso no transporte público da cidade.

O superintendente Félix Neto, do Trânsito e Transporte Público de Campina Grande, ressaltou a importância do gesto do segmento neste momento de grave pandemia, ressaltando, contudo, que as medidas restritivas adotadas pelo prefeito Romero Rodrigues e mantidas até o próximo dia 13 na cidade – e que têm reflexos diretos na economia interna das empresas de ônibus – têm um elevado grau de importância na preservação da saúde e vida das pessoas.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MP e PMJP monitoram abertura de agências da Caixa, neste sábado

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon) e a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizam, neste sábado (30/05), uma ação em agências…

Gastos do estado e dos municípios no combate ao Covid-19 devem ser publicados na internet

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, promulgou a Lei 11.695/2020, que dispõe sobre a transparência nos contratos emergenciais firmados pela administração pública, em razão da situação…