O sistema de transporte público de Fortaleza e da região metropolitana opera abaixo do normal nesta segunda-feira (7), segundo informou o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

Os ônibus do transporte público do Brasil correm risco de deixar de operar a partir de 5 de abril, alerta Otávio Cunha, presidente da NTU, entidade nacional de empresários do setor, devido à quedas nas viagens gerada pela pandemia de coronavírus.

O setor de transporte público por ônibus atua em cerca de 3.000 municípios, movimenta R$ 45 bilhões por ano e gera 500 mil empregos diretos, segundo a NTU.

Um levantamento da entidade aponta que houve redução da oferta ou suspensão total do serviço em ao menos 216 sistemas. Em cidades como João Pessoa e em todo o estado de Santa Catarina, todo o transporte coletivo deixou de operar temporariamente, por decisões dos governos locais.
Em Campina Grande, o sistema está operando com 30 por cento da frota, devido as medidas de segurança e prevenção do Covid 19.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Funcionário do Bemais morre em JP com suspeita de coronavírus

Informações chegadas ao PB Agora na tarde deste sábado, 04, dão conta da morte de um gerente de compras da rede de supermercado Bemais. Ainda de acordo com as informações,…

Pesquisa refuta boato de que o novo coronavírus foi criado em laboratório

Você ama teorias da conspiração? Especialmente quando dois grupos de pessoas têm praticamente a mesma teoria um sobre o outro? Algumas pessoas, incluindo políticos nos Estados Unidos e na China,…