Mais áudios gravados pelo ex-executivo da Cruz Vermelha, Daniel Gomes, desta vez com o ex-procurador do Estado, que está preso preventivamente no âmbito da Operação Calvário, Gilberto Carneiro, mostram os dois tratando sobre propinas e sobre estratégias para que o Tribunal de Contas da União pudesse amenizar as investigações que estavam ocorrendo na Saúde da Paraíba.

Nos áudios,exclusivos do programa Correio Debate desta quarta-feira (08), é possível ouvir Gilberto dizendo que em um determinado momento benéfico para o suposto esquema, houve o dedo dele e de Ricardo Coutinho.

“Lembra que no TCU, que a gente teve, você foi, até Ricardo foi também em Brasília há muito tempo atrás o Waldir Campelo votou, pra gente foi bom naquele momento, mas ele não arquivou o processo aí ele se aposentou, o Bruno Dantas veio, lembra disso tudo? Que a gente até contratou o Jacobi, pra o Jacobi entrar com uma ação contra os caras” diz Daniel em um trecho, seguido por Gilberto:

“Você sabe que isso aqui teve o dedo né? Meu e de Ricardo” revelou.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Secretário de Saúde da PB faz alerta sobre Covid-19: “Mata jovens também”

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, chamou atenção dos paraibanos em relação ao perigo da disseminação de fake news através das redes sociais. Medeiros argumentou que a melhor…

Covid-19: PB deve receber 72% dos recursos de colaboração premiada da “Calvário”

O Ministério Público Federal pediu e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a destinação imediata ao Ministério da Saúde dos recursos financeiros obtidos por meio de um acordo de…