Por pbagora.com.br

 O novo superintendente da CBTU João Pessoa, o administrador de empresas Paulo Barreto, assumiu o cargo no dia 18 de setembro, e disse que as suas principais metas são a modernização da empresa e a interiorização dos serviços. Para isso irá trabalhar para alocar mais recursos e poder implementar, em sua totalidade, o projeto de melhoria e expansão do atual sistema de trens da Região metropolitana da capital. Barreto chega para substituir o ex-superintendente Wladme Macêdo, que ficou 18 meses a frente da CBTU no Estado.

 

Dar seguimento a modernização da CBTU João Pessoa é a primeira meta do superintendente, Paulo Barreto, que conta com os dois Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) e aguarda a chegada de mais seis composições para completar o sistema. “Além dos 6 VLTs que iremos receber, também vamos construir mais quarto novas estações e reformar as 12 estações já existentes, em prol do bem-estar do nosso usuário”, afirma.

 

Segundo Barreto, as novas estações serão: uma entre Bayeux e Várzea Nova; Estação Tibiri, Estação IFPB e Estação Shopping Pátio Intermares. Além disso, as estações de Bayeux e Jacaré serão relocadas. E também haverá uma recuperação da via permanente e a troca de trilhos e dormentes. “Os recursos para essas construções e reformas já estão englobados no PAC 2014, no valor de R$ 186 milhões, e desse valor R$ 46 milhões estão liberados para este ano de 2015”, revelou.

 

A segunda meta do novo superintendente é a interiorização do sistema. “Já houve uma visita técnica em Campina Grande com representantes do Ministério das Cidades e o prefeito Romero Rodrigues. A prefeitura de Campina solicitou a Fundação Getúlio Vargas um estudo de viabilização para a implantação do VLT. Isso é muito bom, pois em Campina teríamos 15 km de via, que vai do Condomínio Aluízio Campos até o Araxá, próximo das universidades”, contou Barreto. Inclusive ele pretende marcar uma reunião com o Prefeito Romero Rodrigues para saber como está o andamento desses estudos.

 

Outra forma de interiorização da CBTU João Pessoa é expandir o sistema em mais 4 km de extensão até as proximidades de Cruz do Espírito Santo. Contudo, a malha ferroviária é uma concessão da Transnordestina, e neste caso a CBTU tem que solicitar permissão. Para todos esses investimentos, Paulo Barreto, pretende lutar por mais recursos, por exemplo, através de emenda parlamentar.

 

Paulo José de Mello Barreto, 53, nascido em João Pessoa (PB), é Administrador de Empresas formado pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) e Corretor de Imóveis. Foi superintendente da Loteria do Estado da Paraíba (LOTEP), Chefe de Gabinete da Presidência da Companhia Estadual de Habitação Popular (CEHAP) e Assessor Especial do Ministro e Sub Chefe de Gabinete do Ministério das Cidades.

 

Ascom

Notícias relacionadas

Vacinação de profissionais de educação começa hoje em JP; confira os locais

A Prefeitura inicia neste domingo (16) a vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da educação do ensino basico (creches, pré-escolas e ensino fundamental I) que residam e trabalhem em João…

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 40 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.372 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (15) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O…