A Paraíba o tempo todo  |

Novembro Azul: MP orienta homens a procurar promotoria caso não acessem exames preventivos

O câncer de próstata é o segundo mais frequente na população masculina, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Entretanto, se for detectado no início é plenamente tratável. Para tanto, é necessário que os homens procurem realizar os exames preventivos. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde pelo Ministério Público da Paraíba mostram que houve uma queda significativa nos exames de antígeno prostático específico (PSA) feitos pelo SUS na Paraíba, nos últimos dois anos. De janeiro de agosto de 2020, foram realizados 10.395 exames contra 40.559 efetuados no ano de 2019.

Preocupado com esses números, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Saúde (CAO Saúde) do MPPB está orientando os homens a buscarem as unidades de saúde. Para a coordenadora do CAO Saúde, promotora Fabiana Lobo, a campanha do Novembro Azul é de grande importância para conscientizar a população masculina da necessidade de realizar os exames de forma regular, a partir dos 50 anos, ou, caso haja histórico familiar, a partir dos 45 anos.

Caso o homem não tenha acesso aos exames no seu município, deve acionar a Promotoria de Justiça mais próxima. Para saber, basta acessar www.mppb.mp.br/contatospromotorias.

O SUS é universal e deve garantir o atendimento. Os homens devem procurar a atenção primária nos seus municípios para realizar os exames de rotina anuais. Quanto mais cedo a detecção, maior a chance de cura”, acrescenta a coordenadora.

A coordenadora do CAO Saúde ressalta ainda a importância dos exames para detecção precoce. “Há muita resistência do público masculino de realizar os exames preventivos do câncer de próstata. Por isso, 95% dos casos diagnosticados são tumores em estágio avançado, porque não houve detecção precoce e isso dificulta as chances de cura”, acrescenta a promotora.

A promotora Fabiana Lobo apontou aainda a necessidade de os municípios fazerem a busca ativa da população masculina em idade para fazer os exames preventivos.

Orientações (Fonte: Ministério da Saúde e Sociedade Brasileira de Urologia)

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra.
Existem alguns fatores que podem aumentar as chances de um homem desenvolver câncer de próstata. São eles: idade, histórico de câncer na família, sobrepeso e obesidade.
Exames são feitos para investigar o câncer de próstata: toque retal e PSA. Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal.
Descoberta precocemente, a doença tem 90% de chances de cura.
O tratamento do câncer de próstata é feito por meio de uma ou de várias modalidades/técnicas, que podem ser combinadas ou não. A principal delas é a cirurgia, que pode ser aplicada junto com radioterapia e tratamento hormonal, conforme cada caso.
A escolha do melhor tratamento é feita individualmente, por médico especializado, caso a caso, Todas as modalidades de tratamento são oferecidas, de forma integral e gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

MPPB

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe