A nova lei trabalhista, que entra em vigor em novembro, muda o critério que define o horário de trabalho. Atualmente, o período que o empregado está dentro da empresa é considerado como tempo à disposição do empregador, independente do que estiver fazendo.

Com a nova lei, os minutos que o funcionário gasta, por exemplo, para colocar o uniforme ou no cafezinho com os colegas serão descontados da sua jornada.

A lei diz que atividades realizadas dentro da empresa como descanso, estudo, alimentação, interação entre colegas, higiene pessoal, práticas religiosas e troca de uniforme não serão contabilizadas no horário de trabalho.



Clique aqui e confira a matéria na íntegra

 



G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Companhias aéreas confirmam 400 voos extras para JP no verão

Três companhias áreas que operam voos domésticos no Brasil confirmaram, nesta quarta-feira (20), mais de 400 voos extras para João Pessoa, durante a temporada de verão. As novas viagens serão…

Em Berlim, João destaca potencial de CG para investimentos na área de tecnologia

Governadores dos estados nordestinos desembarcaram em Berlim nesta quinta-feira (21), como parte da articulação internacional do Consórcio Nordeste para atrair investidores e ampliar o fluxo de negócios na região. Em…