O excesso de automóveis nas ruas, além de contribuir para agravar os engarrafamentos ainda é prejudicial para o meio ambiente. Um ônibus transporta, de uma única vez, cerca de 40 passageiros, em média, e seis carros ocupam um lugar de um ônibus. Essas são algumas das questões levantadas pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP) para chamar atenção sobre a importância do uso do transporte público em detrimento do carro particular. Neste sábado (22), o Sindicato realizará uma ação especial para lembrar o Dia Mundial Sem Carro. Neste dia, as tarifas que forem pagas com cartão terão valor reduzido.

Com a iniciativa do Sintur-JP, a tarifa de ônibus da Capital, no Cartão Cidadão ou Vale Transporte, vai ser de R$ 3,00 (ao invés de R$ 3,55), e R$ 1,50 no Passe Estudantil (ao invés de R$ 1,77). A passagem paga em dinheiro não terá desconto que é válido apenas para o dia da ação. A iniciativa de baixar os valores, segundo o diretor institucional do Sindicato, Isaac Junior Moreira, é chamar atenção para a importância do uso do ônibus em detrimento do veículo particular. “Andar de ônibus é, antes de tudo, uma atitude sustentável, pois devemos pensar e preferir uma cidade com menos trânsito e mais qualidade de vida”, destaca ele.

O Dia Mundial Sem Carro existe desde 2003 e integra a Semana Nacional do Trânsito no Brasil. Uma campanha publicitária intitulada “Não escolha só por você” está sendo veiculada para fortalecer a adesão à campanha e chamar atenção para o tema que afeta o cotidiano das grandes cidades.

 

Redação

 

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Coronel dos Bombeiros é preso em operação contra fraudes em laudos

Uma operação do Ministério Púbico da Paraíba (MPPB) cumpre, na manhã desta sexta-feira (23), na Grande João Pessoa, mandados de busca e apreensão para desarticular um esquema de corrupção na…

Ex-prefeito interino de Patos na mira da justiça acusado de tentar ‘calar’ colega

O ex-prefeito interino de Patos, Francisco Sales Mendes Júnior (PRB), renunciou essa semana à prefeitura da cidade sonhando em driblar os problemas, mas parece que sua dor de cabeça só…