Por pbagora.com.br
Foto: Nyll Pereira / ALPB

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), que recebeu nessa segunda-feira (21) o título de cidadão pessoense e a Medalha Epitácio Pessoa, relembrou momentos da sua vida política e destacou que com o passar do tempo não tem mais aceitado levar “pauladas”.

De acordo com Adriano, na sua trajetória de vida pública ele já teve que engolir muita coisa, mas que hoje em dia  com o mesmo respeito que trata as pessoas, espera também ser tratado.

“É assim que é Adriano: respeitoso, amigo, solidário, irmão, mas não aceito mais levar paulada não. Já sofri bastante. Já aceitei muitas histórias nesta vida e daqui para frente eu quero respeitar a todos, mas quero também ser respeitado”, declarou.

O parlamentar ainda disse que não guarda mágoas do ex-governador Ricardo Coutinho, diante de todo o imbróglio pelo qual passa o PSB na Paraíba.

“Agradeço muito a Ricardo Coutinho, eu muito mais a ele do que ele a mim. Ele não foi grato, mas hoje eu não tenho mágoa nenhuma dele porque eu soube dar um freio de arrumação nele” declarou.

PB Agora

Notícias relacionadas

Covid: taxa de ocupação de leitos na Grande João Pessoa se aproxima dos 90%

Paraíba registra 1.320 novos casos de Covid-19 e 15 óbitos nas últimas 24h A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quarta (24), 1.320 casos de Covid-19. Entre os…

Nº de mortes em acidentes nas rodovias federais da PB é o menor em 10 anos

Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba divulga o balanço do ano de 2020 com os resultados operacionais. Apesar do ano atípico surgido em virtude da crise na saúde pública provocada…