O secretário executivo Adauto Fernandes, da Secretária Estadual de Representação Institucional (SERI), desistiu da disputa para um vaga na Câmara Municipal e João Pessoa e permanece na gestão de João Azevêdo. O último prazo para quem desejava disputar as Eleições 2020 foi esse primeiro sábado (4) de abril.

Adauto é filiado ao PTB e seria um dos nomes relevantes para participar do pleito eleitoral desse ano, mas diante da pandemia do Coronavírus que assola todo o país, ele preferiu contribuir com o governo do Estado. “Estamos vivendo tempos difíceis em todo o mundo. Não poderia simplesmente deixar a pasta em busca de um projeto pessoal, o momento é de pensarmos no coletivo”, explica o secretário executivo estadual.

A Secretaria Estadual de Representação Institucional é a pasta que cuida das articulações para aquisição de verbas e ações entre o governo do Estado, o governo federal e o ministérios. Além de estreitar as relações entre a Paraíba e os países estrangeiros, sempre mostrando as potencialidades das cidades paraibanas.

Além do secretário da SERI, o atual secretário estadual de Desenvolvimento Humano Tibério Limeira, também decidiu permanecer na gestão, abrindo mão da disputa eleitoral deste ano. De acordo com a Justiça Eleitoral, quem pretende disputar qualquer cargo nas Eleições proporcionais, sejam elas municipais ou estaduais, precisa se descompatibilizar de suas funções públicas seis meses antes do pleito. Até o momento, o dia que acontecerá a Eleição municipal permanece sendo o dia 04 de outubro de 2020.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: PB tem mais de 12 mil casos e registra 9 mortes nas últimas 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu novo boletim epidemiológico nesta sexta-feira (29). De acordo com o órgão, os números da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) apontam 12.011 pessoas…

Cabedelo segue sem aulas e visitas ao Parque do Jacaré até 14 de junho

As medidas de segurança e prevenção à Covid-19 em Cabedelo foram prorrogadas através de um novo decreto. O documento prorroga, até o dia 14 de junho, a suspensão de visitas…