A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Na Paraíba, Barroso diz que só opinará sobre aborto quando tema chegar ao STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, cumpriu agenda na Paraíba nesta sexta-feira (14). Durante a manhã, Barroso palestrou para cerca de 500 estudantes do ensino médio da Rede Estadual da Paraíba no Centro de Formação de Educadores, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Ao ser questionado sobre o Projeto de Lei 1904/24, que equipara o aborto ao homicídio quando realizado acima de 22 semanas de gestação, Barroso afirmou: “A matéria está no Congresso, que é o lugar certo para se debaterem os grandes temas nacionais. Quando a matéria chegar no Supremo, eu vou opinar sobre ela.”

O PL 1904/24 propõe que o aborto acima de 22 semanas, mesmo em casos de gravidez resultante de estupro, seja considerado homicídio, com pena de seis a 20 anos para a mulher que realizar o procedimento.

Durante a palestra, Barroso abordou temas educacionais e compartilhou sua história de vida com os alunos. “Tenho tentado viajar pelo país, visitar tribunais, conversar com juízes e, nas manhãs, visitar escolas públicas de educação básica. Faço uma apresentação motivacional sobre a vida, minha história e falo sobre valores, a importância do conhecimento no mundo contemporâneo e a importância do desejo de progredir e da elevação da autoestima. É um depoimento que me gratifica imensamente e geralmente tem um retorno muito positivo”, concluiu Barroso.

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe