A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Na ALPB, mais um deputado defende a instalação de detectores de metais em escolas para evitar ataques

Ataques a escolas, ameaças, apreensões e prisões em todo o Brasil tem deixado a população em alerta e insegura quando se trata de deixar os filhos em segurança nas escolas. Na Paraíba não tem sido diferente. Só esta semana, uma adolescente foi apreendida e um homem preso suspeito da prática de ameaças e de espalharem fake news sobre ataques.

A discussão chegou à Assembleia Legislativa da Paraíba e além do deputado Júnior Araújo, o deputado Gilbertinho também apresentou projeto de lei que defende que sejam instalados detectores de metais nas escolas pra prevenir atos de violência.

O texto do PL 263/2023 determina a obrigatoriedade da implantação de um “Portal de Detectores de Metais” em todas as unidades de ensino da rede pública da Paraíba.

Leia também:
Deputado da ALPB propõe implantar detectores de metal e agentes de segurança nas escolas do estado

O parlamentar ressalta que o projeto “se somará à implantação de ações estratégicas que a Secretaria de Educação adotará nos próximos dias, o que dará tranquilidade especialmente aos pais dos estudantes e aos professores”, afirmou.

O texto já começou a tramitar na Casa de Epitácio Pessoa, mas antes de ir ao Plenário deverá passar pela Comissão de Constituição e Justiça para receber o parecer favorável ou não pela constitucionalidade. Em seguida, o PL 263/2023 segue para comissão temática e só depois será apreciado em sessão ordinária.

Ainda segundo o texto da matéria, em caso de aprovação, as escolas terão 180 dias ou o início do próximo período letivo escolar para se enquadrarem à nova regra.

 

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe