Por pbagora.com.br

Alguns Postos de Combustíveis na Cidade de Sousa já sofrem com o desabastecimento motivado pelo movimento dos caminhoneiros que estourou em todo País.

No começo da tarde, duas Mulheres em dois Veículos, um com Placa de Brasília, e outra com placa de Patos, se desentenderam na bomba de um posto de combustíveis da cidade devido a disputa por gasolina. A turma do deixa disto entrou em campo para apartar a briga. O caso foi encaminhado à Delegacia.

Em 16 dias, a Petrobras reajustou o preço do combustível em 11%, o que estourou a revolta dos caminhoneiros em todo o Brasil. Na Paraíba, o movimento mais grosso é em João Pessoa, e Campina Grande.

Mais cedo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetro-PB), Omar Hamad, disse que a expectativa é que até o final do dia 10% dos postos do Estado deixem de atender os clientes.

Em João Pessoa, alguns postos já estão fechados

Da Redação com RepórterPB

Notícias relacionadas

Supermercado de CG deve indenizar cliente por furto em estacionamento

O supermercado Extra (Companhia Brasileira de Distribuição) deverá pagar a quantia de R$ 5 mil, a título de indenização por danos morais, a um cliente que teve objetos furtados de…

Sine Municipal oferece 121 vagas de empregos em Campina Grande

A Prefeitura de Campina Grande, por meio do Sine Municipal, está oferecendo vagas de emprego nesta sexta-feira, 14. Estão disponíveis 121 oportunidades no sistema, com a necessidade de comprovação da…