Por pbagora.com.br
 
 

A mulher identificada como Luzia Sandra de Medeiros Dias Benjamin, que foi flagrada em vídeos gritando ofensas em banco de João Pessoa, em outubro deste ano, foi indiciada por injúria racial e racismo. A informação foi confirmada neta terça-feira (1º) pelo delegado Marcelo Falcone.

”Eu sou a maior racista do Planeta Terra. Eu odeio a raça negra”, disse ela em vídeos que se propagaram nas redes sociais.

O caso foi registrado em uma agência do Banco do Brasil de Manaíra, na Avenida Rui Carneiro. Logo após, em outro vídeo, a mesma mulher voltou a protagonizar novos ataques racistas e as imagens também viralizaram.

Horas depois um outro vídeo circulou nas redes sociais, onde Luzia estava em uma loja de um shopping da capital paraibana.. “Sou racista, porque a sua raça é ladra”, grita Luzia Sandra para a mulher que aguardava atendimento na mesma loja.

 

PB Agora

 

 

 

 
 
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Pandemia: para evitar festas e aglomerações, comércio da PB pode funcionar normalmente no carnaval, diz Fecomércio

Após o cancelamento dos festejos do Carnaval em cidades como João Pessoa e Cabedelo e com a possibilidade de que o Governo do Estado cancele o ponto facultativo relacionados ao…

João autoriza obras do contorno de Bananeiras; investimento de R$ 6,6 milhões

O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (25), durante o programa semanal ‘Conversa com o governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, o início das obras do contorno de…