A Paraíba o tempo todo  |

MPPB recomenda instalação de ponto de trabalho digital nas unidades prisionais do Estado

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público da Paraíba (Ncap/MPPB) recomendou ao secretário de Administração Penitenciária do Estado da Paraíba (Seap), Sérgio Fonseca de Souza, a imediata instalação, em todas as unidades prisionais do Estado, do ponto de trabalho digital, para que possa identificar a data, a hora de entrada e de saída, do policial penal, quando estiver prestando serviço.

Conforme explicaram os promotores de Justiça que integram o NCap, José Guilherme Soares Lemos (coordenador), Cláudio Antônio Cavalcanti e Túlio César Fernandes Neves, a recomendação visa à melhoria dos serviços policiais e o respeito aos interesses, direitos e bens cuja defesa seja de responsabilidade do Ministério Público. “A atividade policial é fundamental para o exercício da cidadania, na preservação do estado democrático de direito e no combate à impunidade aos delitos cometidos em nossa sociedade”, diz a recomendação.

Eles também explicaram que a medida foi adotada em razão de denúncias que chegam à instituição sobre policiais – sejam civis, militares ou penais – que não estariam trabalhando em suas unidades, embora estejam recebendo seus salários sem a devida prestação do serviço público.

O MPPB também orientou a secretaria a determinar a confecção de ponto com a assinatura de cada servidor que preste serviço na unidade prisional, identificando a data, a hora de entrada e de saída, a matrícula e a assinatura legível do policial penal, enquanto não for instalado o ponto de trabalho digital.

Os promotores de Justiça ressaltam que é atribuição constitucional do Ministério Público o controle concentrado de todos os órgãos estaduais e municipais que detenham parcela do poder de polícia voltada à segurança pública e/ou à persecução penal.

PB Agora com MPPB

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe