Por pbagora.com.br

No início do mês de junho uma varredura foi feita pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em compras realizadas pelas dez maiores prefeituras do estado. Nesta terça-feira (16), a autarquia revelou os dados detalhando o levantamento.

Duas portarias foram publicadas pelo MPPB determinando abertura de inquérito civil público para a apurar a possibilidade de sobrepreço em compras feitas durante o período de pandemia.

De acordo com o MPPB, a Prefeitura Municipal de João Pessoa, em compra de reservatórios de 5L de álcool em gel 70%, pagou o valor de R$ 98. Ainda segundo dados apresentados pelo órgão, durante a pandemia, o valor de mercado do mesmo produto varia entre R$ 60 e R$ 62.

O OUTRO LADO

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, em nota, esclareceu que a compra foi feita, através de uma dispensa de licitação, pela Secretaria de Desenvolvimento Social e vencida pela Tutto Limp Distribuidora. As aquisições, segundo a PMJP, estão devidamente amparadas em pesquisa de mercado e encontram-se em plena consonância com a legislação em vigor, bem como, entendimento consolidado pelo Tribunal de Contas da União. A nota diz ainda que os preços pagos pela PMJP encontram-se inferior a diversas outras aquisições públicas.

Confira nota na íntegra:

O Município de João Pessoa vem prestar os seguintes esclarecimentos, a respeito da informação relacionada à aquisição de ÁLCOOL GEL 70%, garrafa plástica de 5 L (cinco litros), BOMBONA, através de dispensa de licitação 003/2020, realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa  e vencida pela pessoa jurídica TUTTO LIMP DISTRIBUIDORA LTDA, bem como na aquisição de ÁLCOOL GEL 70%, 500 ml, através de dispensa de licitação (Processo nº 05.120/2020), realizada pela Secretaria de Saúde de João Pessoa e vencida pela pessoa jurídica PANORAMA COM. DE PROD. MÉDICOS E FARMACÊUTICOS LTDA.

As aquisições, devidamente amparadas em prévia e regular pesquisa de mercado, encontram-se em plena consonância com a legislação em vigor, bem como ao entendimento consolidado pelo Tribunal de Contas da União, inclusive os preços pagos pela PMJP encontram-se inferiores a diversas outras aquisições públicas para o mesmo período.

No que se refere à aquisição por parte da Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa, a PMJP adquiriu o produto por R$ 98,00 (100%), sendo identificado que outros órgãos públicos só conseguiram adquirir o produto pelo preço unitário de R$209,10 (213%). Quanto ao contrato à aquisição do ÁLCOOL GEL 70%, 500 ml, por parte da Secretária de Saúde de João Pessoa, destaca-se que, enquanto a PMJP adquiriu o produto por R$ 16,00 (100%), outro órgão público infelizmente só conseguiu, para aquele momento e dentro da emergencialidade, pelo preço unitário de R$ 26,90 (168%). Essas situações ratificam a grande variação de preço no período.

Por fim, o Município ressalta o seu compromisso voltado para a transparência pública e a adequada aplicação do recurso público, ao mesmo tempo em que se coloca à disposição dos órgãos de controle e Ministério Público Estadual para prestar os esclarecimentos que se fizerem necessários.

João Pessoa, 16 de Junho de 2020.

LUDINAURA REGINA SOUZA DOS SANTOS
Controladora-Geral do Município

ADELMAR AZEVEDO RÉGIS
Procurador-Geral do Município

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: veja números da aprovação dos governos municipal e estadual em Puxinanã

A gestão do governador João Azevêdo à frente do comando do Governo do Estado foi aprovada por 69,2% dos entrevistados na pesquisa PB Agora/Datavox divulgada neste domingo (18). A pesquisa…

Nacional do PT alega vícios insanáveis e entra com novo recurso contra Anísio

Sob a alegação de vícios insanáveis, que teriam violado às normas legais e estatutárias do partido, a executiva nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) voltou a ingressar com recursos na…