Por pbagora.com.br

Um inquérito civil do Ministério Público Federal (MPF) apura possíveis danos causados ao meio ambiente por conta do trânsito de catamarãs e outras embarcações na praia do Bessa, na região conhecida como ”Caribessa”. A portaria foi publicada nesta quarta-feira (16) no diário eletrônico do MPF.

Segundo o inquérito as embarcações estariam colocando em risco os banhistas, além de provocar a destruição de corais. Além disso a área é de Preservação Ambiental de Naufrágio Queimado, uma unidade de conservação estadual.

A partir do inquérito o MPF deve aprofundar as investigações com relação aos impactos gerados pela atividade turística nos corais.

Também será avaliada a possibilidade de limites para o trânsito de embarcações no local.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena: ninguém acerta e prêmio acumula para R$ 43 milhões

O sorteio do concurso 2.301 da Mega-Sena foi realizado na noite deste sábado (19) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio seria de R$ 36.675.402,77…

Famílias atingidas pela Barragem de Acauã agradecem decreto de desapropriação

O passo dado pelo Governo do Estado para garantir a desapropriação das áreas de cinco imóveis rurais para construção da Agrovila Águas de Acauã, no município de Itatuba, obteve grande…