A Paraíba o tempo todo  |

MPF apura suposto abandono de plantão por anestesista expulso da Coopanest-PB

A procuradora Janaina Andrade de Sousa, do Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB), abriu uma Notícia de Fato para investigar a denúncia de que o médico anestesista Rodrigo Vital, um dos profissionais que foi expulso da Cooperativa dos Anestesiologistas da Paraíba (Coopanest-PB) após procedimento ético técnico, teria abandonado um plantão Hospital Universitário de João Pessoa.

Rodrigo Vital é empregado efetivo da instituição e foi denunciado de ter abandonado no dia 21 de março deste ano, às 9h30, para participar compor uma equipe de cirurgia que realizou procedimento no Hospital Nossa Senhora das Neves (HNSN), em João Pessoa.

De acordo com a procuradora, que responde pela Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão, a denúncia necessita de apuração “em virtude de, em tese, afetar a prestação de serviço público federal que envolve o direito fundamental à saúde”.

Sobre o caso, Rodrigo Vital já se manifestou em ofício enviado ao diretor da instituição, Marcelo Ticiane, negando abandono do plantão e explicando que fez permuta com um colega. Ele não confirmou que pediu a troca de escala para atender no HNSN e nem explicou por qual razão fez o pedido.

Confira:

PR-PB-00028651.2022

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe