A Paraíba o tempo todo  |

MP investiga 96 desaparecimentos na Paraíba e quase 20% são de crianças e adolescentes

O Ministério Público da Paraíba está investigando 96 casos de desaparecimentos no Estado. Entre os desaparecidos, 96 casos, o que corresponde a 19,72% são de crianças e adolescentes, com até 17 anos de idade.

Segundo o MP, cerca de 19,64% do total dos desaparecidos na Paraíba têm menos de 20 anos de idade. São 111 pessoas nessa faixa etária desaparecidas.

De acordo com o MP, é considerado desaparecimento o sumiço repentino de alguém, sem aviso e quando a pessoa não pode ser localizada nos lugares nos quais costuma frequentar.

Somente entre os anos de 2018 e 2020, a Polícia Civil registrou 565 desaparecimentos. Os que não foram solucionados nas investigações foram recepcionados pelo Plid-PB, que é o Programa de Localização e Identificação de Pessoas Desaparecidas do Estado da Paraíba.

O perfil dos desaparecidos paraibanos também aponta que 59,38% são do sexo masculino, 30,21% do sexo feminino e 10,42% não tiveram o sexo informado.

O órgão é responsável pelo cadastro dos desaparecimentos num banco de dados nacional, que sistematiza e cruza informações provenientes de diversos órgãos, ajudando na busca e localização de pessoas desaparecidas.

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      28
      Compartilhe