Por pbagora.com.br

O Ministério Público Eleitoral instaurou um procedimento preparatório para apurar possível propaganda eleitoral antecipada na colocação de outdoor na cidade de Pocinhos contendo mensagem relacionada ao vereador Emmanoel Pereira. O procedimento foi instaurado pela promotora Fabiana Alves Mueller, que atua na 50ª Zona Eleitoral.

De acordo com a portaria, apesar de não conter pedido explícito de voto ou propaganda eleitoral implícita, o outdoor contém mensagem de promoção pessoal do vereador. A promotora destaca que a evolução na jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passou a compreender como propaganda eleitoral antecipada aquela na qual ocorre promoção pessoal na pré-campanha por meio publicitário.

Além disso, o TSE proibiu o uso de outdoors para atos de pré-campanha ou na divulgação das atividades parlamentares, ainda que não haja pedido explícito de voto na publicidade.

O vereador Emmanoel Pereira será notificado para, no prazo de 15 dias, informar os dados de quem encomendou ou financiou a colocação do outdoor, com nome e endereço da gráfica que produziu a peça, além do valor pago.

A promotora lembra ainda que a Lei das Eleições ao disciplinar a prática da propaganda eleitoral expressamente proíbe a utilização de determinados meios de publicidade em alguns de seus dispositivos.

Redação com MPPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeito promove show com aglomeração para comemorar vitória de sucessor na PB

Um Prefeito promove show de forró com aglomeração de pessoas para comemorar vitória de sucessor na Paraíba. A festa foi mostrada em nível nacional no Fantástico. Um show da banda…

João anuncia conclusão de obra em Cabedelo e autoriza novas ordens de serviço

O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (23), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, as ordens de serviço para início de obras que…