Por pbagora.com.br

A doméstica Josinete Ramos Lacerda, 44 anos, veio a óbito no Hospital de Emergência e Trauma em João Pessoa, depois de 14 dias internada vítima de queimaduras, causadas após a explosão de um botijão de gás na residência da vítima, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. O filho de Josinete, Fernando Luiz Lacerda, 17 anos, também vítima de queimaduras, morreu na última semana.

O acidente aconteceu quando as vítimas fabricavam salgadinhos e o botijão explodiu, provocando incêndio em parte da casa. O pânico tomou conta dos vizinhos que providenciaram os primeiros socorros e chamaram o Corpo de Bombeiros e Samu.

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: Gilson Borges tem 42,9% de rejeição em Nova Floresta

O candidato à prefeitura de Nova Floresta pelo MDB, Gilson Borges lidera a rejeição do eleitorado na cidade, atingindo 42,9% dos entrevistados que responderam em quem não votariam na disputa…

UFPB auxilia governo do estado para instalação de banco de alimentos

A pandemia da covid-19 fez crescer o número de pessoas em situação de vulnerabilidade social no Brasil e no mundo. O agravamento do problema do desemprego nesse período acendeu uma…