A Paraíba o tempo todo  |

Monteiro registra 15,2ºC, menor temperatura da Paraíba

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Cariri paraibano segue com baixas temperaturas, mesmo com a onda de frio que chegou no Sul do país, não tendo a mesma intensidade no Nordeste.
Essa semana, a cidade de Monteiro, registrou mínima de 15,2ºC, a menor temperatura do estado na ‘onda histórica de frio’ que atingiu o Brasil no último fim de semana,

Segundo o setor de Monitoramento da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), a temperatura mais baixa do ano na Paraíba também foi registrada na cidade de Monteiro, 12,7ºC no dia 21 de julho.

No mesmo fim de semana, as temperaturas mais baixas em João Pessoa foram de 21,9ºC e 22,6ºC, no sábado e domingo, respectivamente. Já em Campina Grande, as mínimas da cidade foram de 19,1ºC e 19,7ºC, no sábado e no domingo.
Com a chegada da primavera, as temperaturas nas madrugadas irão subir gradativamente até a chegada do verão, em 21 de dezembro, segundo a Aesa.

O inverno teve início no dia 20 de junho e vai até o dia 22 de setembro. De acordo com a Aesa, nesta época do ano, é comum o registro de temperaturas em torno dos 13 graus no Cariri paraibano. No mês de agosto, a menor temperatura foi na cidade de Cabaceiras, que teve 13,3ºC, no dia 12 de agosto. No dia 11 do mesmo mês, foi registrado 13,8ºC em Monteiro.

A “onda de frio histórica” chegou ao Brasil com granizo e até neve em alguns estados do país. Na Paraíba, o frio chegou de forma suave,conforme havia previsto a AESA.

SL
PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe