Por pbagora.com.br

 O modelo Clelson Bomani mostrou o físico sarado para um ensaio realizado em um balneário em João Pessoa (PB). Ele também posou para fotos em uma academia.

Eleito Mister Paraíba Nordeste 2015, Clelson lamentou ataques preconceituosos sofridos por ele através das redes sociais, após vencer o concurso. “Disseram que eu não parecia modelo e sim um negro favelado”, contou o Mister Paraíba Nordeste.

Ele também revelou que sofreu muito preconceito na infância por causa de sua cor. “Já sofri muito. No colégio era muito zoado por ser negro, magrelo, jogador de capoeira e ter cabelo afro”, contou.

O paraibano de 21 anos, 1,77 m, e 71 kg reviveu a mesma situação após conquistar o título de beleza regional. Onde foi alvo de comentários racistas nas redes sociais e o caso foi levado à Justiça.

Apesar das críticas, Clelson contou que se sentiu realizado por quebrar um padrão de beleza valorizado em muitos concursos.

O coordenador geral do concurso, Junior Amorim lamentou que nos dias de hoje, ainda exista esse tipo de preconceito. “Ele sofreu preconceito por ser negro e tatuado, mas, estamos tomando todas as providências jurídicas, a discriminação racista é considerada crime pela Constituição Federal que apresenta diversas formas de punição para estes casos”, destacou Amorim.

Uma das tatuagens que o modelo paraibano possui no corpo é justamente uma mensagem antiracista: “Tire o seu racismo do caminho, que eu quero passar com a minha cor”, diz a inscrição.

O coordenador disse que pretende lançar em breve uma campanha para combater o racismo no mundo da moda.

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraíba registra mais de 1.270 novos casos de covid em 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quarta (20), 1.272 casos da Covid- 19. Entre os confirmados hoje, 55 (4,32%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.217 (95,68%)…

Vacina: Geraldo Medeiros enfatiza prioridades e lamenta possíveis ‘fura-filas’

O secretário de Saúde da Paraíba Geraldo Medeiros lamentou a postura de gestores, auxiliares e pessoas ligadas a gestões de cidades paraibanas que possivelmente utilizaram do cargo que ocupam para…