A convite do prefeito Romero, Ministro do PSDB e esposa vieram a Campina para a abertura do São João usando avião da FAB

Ministros do governo de Michel Temer usaram voos da FAB (Força Aérea Brasileira), requisitados com o propósito de cumprir agendas de trabalho, para transportar parentes, amigos e representantes do setor privado. Há carona a mulheres e filhos, que não têm vínculo com a administração pública. A denúncia publicada ontem (11.12.2017) num dos maiores jornais do país, destaca o convite do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB), ao ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB) para a abertura do ‘Maior São João do Mundo’, em 2016.

A reportagem que pode ser vista nesse link: (https://goo.gl/sdjcXi) levantou as informações por meio da Lei de Acesso à Informação. O decreto 4.244/2002, que dispõe sobre os voos, permite o uso da frota “somente” para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas, salvo nos casos em que há autorização especial do ministro da Defesa.

A norma não autoriza expressamente o embarque de pessoas sem cargo ou função pública. Também não há previsão para que congressistas peguem carona. Segundo a reportagem Bruno Araújo (PSDB), que se desligou recentemente das Cidades, levou a mulher, Maria Carolina, em ao menos seis viagens oficiais. Em junho de 2016, o casal embarcou para Campina Grande (PB) a convite do colega tucano o prefeito Romero Rodrigues no dia da abertura do “Maior São João do Mundo”. Os dois, na sequência, embarcaram para o Recife, onde mantêm domicílio. Era uma sexta-feira.

Na passagem com sua esposa por Campina, em 2016, o ex-ministro das Cidades, Bruno Araújo, teve que deixar às pressas um almoço em sua homenagem numa das casas de recepções da cidade, após comer um pastel de camarão, devido a sua alergia ao fruto do mar.  A reportagem obteve dados de viagens feitas por 12 ministros. Seis deles levaram filhos ou mulheres na comitiva, não raro para cumprir agendas em locais turísticos.

Um sétimo deu carona para a mulher de um colega de Esplanada. Três das autoridades levaram amigos a bordo e outros transportaram empresários ou lobistas. Sete pastas não apresentaram as relações de passageiros.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vené propõe audiência para debater cortes na Educação e “Future-se”

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB/PB) solicitou nesta terça-feira (20), na Comissão de Educação do Senado, uma Audiência Pública para debater sobre o contingenciamento de verbas para as universidades…

Deputado passa mal e é atendido em hospital de Campina Grande

O deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) passou mal e foi atendido em um hospital particular de Campina Grande. De acordo com a assessoria do parlamentar, ele foi acometido de um…