Por pbagora.com.br

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recebeu o secretário-adjunto de saúde de Campina Grande, Felipe Reul, na tarde desta quinta-feira, 06, em Brasília. Na audiência, o ministro garantiu a liberação de R$ 4 milhões para aquisição de equipamentos do novo Hospital da Criança e do Adolescente. Também foi discutida a ampliação do programa municipal de residências médicas, além de outros assuntos de interesse da rede pública de saúde campinense.

De acordo com Felipe Reul, o ministro assegurou que a previsão para liberação do recurso para o Hospital da Criança é para o mês de março. “Esse aporte financeiro será fundamental e é fruto do empenho do prefeito Romero Rodrigues e da secretária de saúde, Luzia Pinto. Teremos um hospital com toda estrutura adequada para o cuidado das crianças e adolescentes de Campina e de toda a Paraíba”, avaliou.

Ainda segundo o secretário-adjunto da saúde o novo Hospital da Criança, que está sendo construído com recursos próprios da Prefeitura, deverá ser inaugurado ainda este ano e contará com 136 leitos, UTI, Centro Cirúrgico com quatro salas e ainda terá estrutura para realização de exames de imagens e laboratoriais.

Residências – No encontro com o ministro, o secretário também solicitou a ampliação do número de vagas do programa municipal de residências médicas para a especialidade de ginecologia e obstetrícia, além da abertura a residência médica multiprofissional, que irá disponibilizar formação para fisioterapeutas, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos.

Criado em 2013, atualmente o programa disponibiliza vagas de residências em pediatria, ginecologia/obstetrícia, medicina de saúde da família e da comunidade e neonatologia. Os residentes do programa atuam nos hospitais municipais e nos territórios da Estratégia de Saúde da Família.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid: Estado amplia em 100% leitos de UTI no Hospital de Clínicas de CG

O aumento na taxa de ocupação no Hospital de Clínicas (HC) de Campina Grande e a possibilidade de uma segunda onda da covid-19 levou a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PB)…

CG: MPPB e MPF recomendam revogação de artigo de decreto que libera eventos

O Ministério Público, através dos seus ramos Federal (MPF) e do Estado (MPPB), expediu recomendação, nessa quarta-feira (25/11), ao Município de Campina Grande para que , seja revogado o artigo…