Por pbagora.com.br

O Ministério Publico da Paraíba realizou ontem (28) uma audiência publica no prédio da Procuradoria Geral da Paraíba, para discutir as problemáticas da Exploração Sexual no município de João Pessoa, estiveram presentes estudantes do Curso de Direito, Conselheiros Tutelares, Creas, Associações e outros órgãos que protegem os direitos das crianças e adolescentes na Paraíba.

A Promotora de Justiça Soraya Escorel coordenou o encontro que contou com a presença do Promotor do Trabalho Doutor Eduardo Varandas que falou que a exploração sexual é uma das piores e mais repugnantes formas de exploração do trabalho infantil.

A Vereadora Eliza Virginia (PPS) que tem dedicado seu mandato na luta contra a exploração sexual, a pedofilia e a pornografia, se fez presente na audiência publica e falou o quanto que é dever da sociedade e do poder público contribuir para que crimes como estes sejam abolidos do cotidiano das famílias brasileiras. Eliza disse ainda que calar diante destes atos também é uma forma de abuso, para tanto a Vereadora apresentou sugestões a serem adotadas para a diminuição simultânea da exploração sexual na cidade de João Pessoa.

No dia 29 deste mês acontecerá na cidade de Sapé o I Fórum Municipal de Combate a Pornografia, Pedofilia e Exploração Sexual que discutira mecanismos de combate a estes males e Sapé, que é uma das principais cidades da Paraíba na rota de exploração sexual infantil. A Vereadora Eliza Virginia levará a Sapé experiências bem sucedidas na capital paraibana para o município de Sapé.
 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Anísio cutuca adesão de Couto a RC: “Ele gosta de ser traído e será outra vez”

O deputado estadual Anísio Maia, que disputa a prefeitura de João Pessoa pelo PT nas eleições municipais desse ano, ironizou o anúncio de adesão do ex-deputado federal Luiz Couto (PT),…

MPPB instaura inquérito contra a Prefeitura de Bayeux por irregularidades em licitação

Um inquérito civil público foi instaurado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra a prefeitura da cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. O intuito é dar continuidade ao acompanhamento…