Por pbagora.com.br

O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público denunciou à Justiça o radialista Fabiano Gomes, preso no dia 10 deste mês durante a 8ª fase da Operação Calvário e  colocado em liberdade após dez dias.

Fabiano é acusado de tentar extorquir e constranger possíveis alvos da referida investigação.

As informações são de que ele teria feito pressão e ameaças a partir da recusa do pagamento de anúncio publicitário, por um dos investigados, a um programa do radialista.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Quatro servidores do Incra são afastados no âmbito da Fundo do Poço

Durante o cumprimento da Operação Poço Sem Fundo deflagrada hoje pela Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público Federal e a CGU, quatro servidores do Incra foram afastados por…

Citado em operação da PF, Alberto Gomes, o Esquerdinha, convoca coletiva

Citado no âmbito da Operação Poço sem Fundo, por ter ligações com alvos da Operação Poço Sem Fundo deflagrada nesta quarta-feira (25) , o coordenador do DNOCS na Paraíba Alberto…