O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público denunciou à Justiça o radialista Fabiano Gomes, preso no dia 10 deste mês durante a 8ª fase da Operação Calvário e  colocado em liberdade após dez dias.

Fabiano é acusado de tentar extorquir e constranger possíveis alvos da referida investigação.

As informações são de que ele teria feito pressão e ameaças a partir da recusa do pagamento de anúncio publicitário, por um dos investigados, a um programa do radialista.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

11 mortes: na PB, número de infectados por Covid-19 sobe quase 45% em 24h

O Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde, emitiu boletim, na noite desta quinta-feira (9), a respeito da pandemia provocada pela Covid-19 no estado. De acordo com…

Romero e Nilvan adotam cautela sobre possibilidade de adiamento das Eleições 2020

Enquanto o ex-senador Cícero Lucena (PP) e o presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, João Corujinha (PP) levantam a bandeira pela unificação das eleições para 2022 devido à pandemia…