A Paraíba o tempo todo  |

Ministério garante a paraibanos que água da transposição chega ao Alto Sertão em 15 dias

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O deputado federal Wilson Santiago participou na tarde desta quarta-feira (06) de uma audiência no Ministério da Integração Nacional para discutir sobre a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco nos reservatórios do Alto Sertão paraibano e recebeu a garantia que em 15 dias a barragem de Morros, em São José de Piranhas, já estará sendo abastecido. Ele foi recebido pelo Secretário Nacional de Segurança Hídrica, Sérgio Luis da Costa.

O parlamentar estava acompanhado do deputado estadual Jeová Campos, prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes e do ex-vice-prefeito de São José de Piranhas, Marcos Campos.

Wilson Santiago informou que o representante do Ministério da Integração Nacional estimou que a água da transposição chegará no Alto Sertão dentro de 15 dias na barragem de Morros, município de São José de Piranhas. Posteriormente, será a vez do açude de Boa Vista receber as águas seguido do de Caiçara e depois seguirá o fluxo para a Barragem Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras. A barragem está passando por reformas.

“Este será um momento histórico para todo o Sertão paraibano. A partir da chegada das águas da transposição teremos mais desenvolvimento para toda a região”, ressaltou o deputado Wilson Santiago.

Desenvolvimento

O deputado federal Wilson Santiago também esteve no Ministério do Desenvolvimento Regional, em Brasília, onde foi recebido pelo secretário nacional de Mobilidade de Desenvolvimento Regional, Tiago Pontes Queiroz.

“Tivemos uma audiência bastante positiva sobre projetos que possam viabilizar o desenvolvimento econômico na região , com investimentos em atividades como a piscicultura e hortifruti. Nosso mandato vai acompanhar e lutar por ações na região que possam contribuir com a geração de emprego e renda”, concluiu Wilson Santiago.

Da Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      9
      Compartilhe