Os dias tem amanhecido frios em Campina Grande, e os termômetros devem registrar quedas na temperatura até agosto. De acordo com a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), Marle Bandeira, climatologicamente os meses de junho e julho, são, os mais frios no agreste, do brejo paraibano. Por conta do frio, muitas pessoas tem saído de casa agasalhadas.
– Estamos em pleno período de chuvas e essas chuvas se concentraram mais nessa faixa litorânea. Do dia 12 de junho, às 4 horas da manhã, que foi quando começou a chover em João Pessoa, até hoje, 17, às 6 horas da manhã, já foram registrados 495,6 mm de chuva – contou.

A meteorologista explicou que apesar das chuvas terem ocorrido no sertão, cariri, curimataú, agreste e brejo, a maior proporção foi registrada no litoral do Estado graças a um fenômeno climático.
– Essas chuvas foram ocasionadas pelo transporte de umidade que vêm do Oceano Atlântico em direção a costa leste do Estado da Paraíba, isso traz bastante nuvens de chuva – explicou

Apesar da quantidade de chuvas, a meteorologista da AESA, alertou que ainda não estamos no inverno, que inicia em 21 de junho, e que as baixas temperaturas se dão devido ao grande fluxo de chuvas.

– Essas temperaturas realmente vão trazer essa tendencia das madrugadas bem mais frias, no entanto, quando chove realmente diminui mais. Tem também a sensação de mais frio por conta da ocorrência de chuvas, mas as temperaturas mais baixas ainda vão ocorrer, principalmente no mês de agosto, que é considerado o mais frio do ano – finalizou.

A expectativa é que até o mês de agosto as temperaturas continuem baixas, podendo atingir até 16ºC em cidades como Campina Grande e Esperança.

As temperaturas mais baixas, porém, devem ser registradas na região do Cariri paraibano, onde alguns municípios podem registrar até 15ºC durante a noite, caso por exemplo, da cidade Monteiro. Em 2017, os termômetros apontaram temperaturas na casa dos 18º C, 17ºC e agora 16ºC em Campina Grande. Em outras regiões do estado, o clima é ainda mais frio, como por exemplo, em Monteiro, no Cariri paraibano, onde foi registrado 15ºC e Maturéia, no Sertão, onde as temperaturas chegaram a 12ºC.
Este ano, a previsão é de madrugadas geladas nos meses de julho e agosto.

SL
PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Pessoa sedia evento de inovação e empreendedorismo

Start Now, Inovação e empreendedorismo, em evento inédito na Paraíba João Pessoa será sede de um dos maiores eventos de inovação e empreendedorismo do Brasil, o Start Now. Quinze facilitadores…

Feira Central de Campina Grande ganha espaço cultural

A Feira Central de Campina Grande ganhou na manhã desta sexta-feira (19) o Espaço Cultural “Bom é na Feira”, inaugurado com a presença de autoridades municipais e representantes de instituições…