O meteorologista da cidade de Patos, Sertão da Paraíba, Mário de Miranda Leitão, em entrevista a imprensa local nesse sábado (15) falou sobre tendências para o tempo no ano de 2019.

Segundo o meteorologista, ainda é cedo para falar de previsão para a quadra invernosa no Nordeste, mas adiantou que a tendência é de chuvas regulares para os próximos 4 ou 5 anos.

Ele afirmou que neste momento a meteorologia fala em tendência, e não em previsão, pois faltam alguns meses para o fenômeno. Segundo o estudioso, a possibilidade de chuva para 2019 está dentro da normalidade, mas o cenário poderá mudar.

Nesses últimos meses do ano a expectativa para o período chuvoso no Sertão é grande, pois geralmente começa nos primeiros meses do ano (janeiro e fevereiro). Neste momento, o sertanejo vive um momento tenso, pois as chuvas caídas este ano, apesar de amenizar a crise hídrica, não foram suficientes para afastar o fantasma de colapso no abastecimento de água.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG inicia campanha de respeito às vagas para idosos em supermercados

A Prefeitura de Campina Grande, através da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos, realiza a partir desta segunda-feira, 20, mais uma campanha de respeito às vagas exclusivas de estacionamento para…

João Azevêdo empossa 1.000 professores e não descarta novo concurso em 2020

O governador João Azevêdo empossou, nesta segunda-feira (20), os 1.000 aprovados no concurso para o cargo efetivo de professor de Educação Básica 3, realizado em 2019. Na ocasião, o gestor…