Por pbagora.com.br

O Cata Treco da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) completa esse mês dois anos de atividades. Diariamente a equipe percorre a cidade atendendo as demandas encaminhadas através do Tele Atendimento da Autarquia e também os pedidos avulsos. “Nós trabalhamos com um caminhão baú e todos os dias ele fica abarrotado de móveis e eletrodomésticos. Em média 50% dessa demanda é recolhida em locais inadequados como terrenos, leito de rio, canteiros, reservas ambientais, encostas, canais, praças, campinhos de futebol e pontos de lixo em vários locais da cidade”, diz Gilberto Felix, o responsável pelo projeto.

O serviço pode ser solicitado através do Alô Limpinho (0800 083 2425), é gratuito e os agentes vão buscar o objeto na residência do solicitante. “Nós damos à população a oportunidade dela contribuir para manter a cidade limpa e ainda dar a destinação correta a esses objetos, através da nossa Oficina de Artes e dos agentes da Coleta Seletiva”, observou Lucius Fabiani, superintendente do órgão.

De acordo com o Tele Atendimento da Emlur, são registradas em torno de 10 demandas por dia. “Nós temos até 48 horas para atender a solicitação. Traçamos um roteiro para atender aos pedidos e quando a equipe verifica que há um objeto jogado em local irregular sempre é feito o recolhimento”, observa.

A equipe do ‘Cata Treco’ é formada por dois agentes de limpeza e um motorista. “A gente atende demandas todos os dias e vê que as pessoas jogam muito coisa fora que poderiam ter utilidade. Outro dia recolhemos uma geladeira em bom estado de uso que esta sendo servindo ao Centro Dia da Emlur”, observa Márcio Nascimento motorista do Cata Treco há mais de um ano. “Quando jogados na rua os objetos ficam sujeitos a exposição do sol e da chuva e se acabam rapidamente. O nosso serviço possibilita outro destino para esses móveis”, diz.

Após recolhidos, os objetos passam por um processo de triagem na qual são selecionados os objetos em condição de reaproveitamento. A destinação pode ser a Oficina de Arte da Emlur, um dos cinco núcleos de Coleta Seletiva do município ou o Aterro Sanitário Metropolitano. Os objetos mais comuns na coleta são sofás, guarda-roupa, colchões e carcaças de TV.

Beneficiados – A dona de casa Severina Nóbrega, moradora do Bairro dos Bancários deu destino a uma TV de tubo de 29 polegadas que estava entulhando o quarto da filha Sandra. “Foi ótimo porque a gente não sabia como tirá-la do quarto. O serviço é muito bom e a TV ainda poderá servir para outra pessoa”, disse.

Já o professor Paulo José Moura, soube do serviço por meio dos agentes da Coleta Seletiva do Núcleo do Bairro dos Bancários. “Essa é a terceira vez que solicitamos o serviço. A primeira vez foi quando precisamos descartar um objeto de grande porte, daí ficamos sabendo que o Cata Treco oferecia esse serviço”, afirma.

Serviço:
Gratuito – busca no domicilio
Solicitação – 0800 083 2425 ou 3214-7628.
Atendimento – em até 48 horas de segunda a sexta – das 8h00 às 17h30.

 

 

Secom-JP

Notícias relacionadas

Botafogo-PB goleia na estreia do Brasileiro Feminino

Botafogo-PB e Santos Dumont-SE estrearam no Campeonato Brasileiro A2 na tarde deste sábado (15), no estádio Almeidão, em João Pessoa. As Belas do Belo abriram o placar logo cedo, na…

PM encerra festas clandestinas com aglomerações e apreende drogas na PB

Festas clandestinas que estavam promovendo aglomerações de pessoas foram encerradas pela Polícia Militar, na madrugada deste domingo (16), em quatro cidades do interior do Estado. Além disso, drogas foram apreendidas…