Por pbagora.com.br
São Paulo – Bancários decretam greve e movimentações bancárias só poderão ser feitas pela internet ou caixas eletrônicos.(Rovena Rosa/Agência Brasil)

Como solução para superação da crise atual, já foram aprovadas medidas para adiar cobranças de serviços de água e energia, impostos federais e estaduais, até parcelas de dívidas para com o tesouro nacional já foram adiadas. Mas até agora o sistema bancário continua intocável.

Todos estão pagando e sofrendo os efeitos desta crise, menos os Bancos. Os encargos dos financiamentos bancários continuam infernizando a vida dos brasileiros. As agência podem até fechar, mas as multas e juros em cascata continuam sendo computados automaticamente para engordar os ativos dos banqueiros.

Como podemos cobrar que a população fique em casa se a maioria dos brasileiros tem que correr para saldar dívidas frente ao sistema financeiro? Cabe agora ao Governo Federal cobrar dos bancos a sua contribuição diante desta gravíssima crise.

Isto só pode ser efetivado aprovando um congelamento de cobranças bancárias por – no mínimo – 90 dias, para aliviar a situação econômica de milhões de brasileiros endividados.

Para um setor que lucrou mais de 100 bilhões no ano passado, isto representaria apenas uma pequena parcela dos astronômicos juros cobrados dos brasileiros.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Morre a segunda vítima de ataques a pauladas e pedradas, em Patos

O ex-bailarino e cozinheiro Antônio Matias Neto, conhecido como “Toinho” de 35 anos não resistiu aos ferimentos e faleceu ontem, terça-feira, 01 de dezembro, menos de 24h após ter sido…

Paraibano inicia mês de dezembro com conta de luz mais cara

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (30), que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir desta…