Um homem morreu afogado, na tarde desta quarta-feira (17), após fazer uma aposta para atravessar um açude, no município de Alagoinha, Agreste paraibano. A vítima foi identificada como Luís Juvino dos Santos, de 34 anos. Ele trabalhava como mecânico na cidade e estava no local para um momento de lazer, quando decidiu participar do desafio.

Conforme testemunhas, logo depois de dar algumas braçadas a vítima parou e já voltou à tona boiando. A esposa da vítima contou à imprensa local que o marido havia ingerido bebida alcoólica antes de ir ao açude. Ela contou que pediu que o marido ficasse em casa, mas ele insistiu e foi.

“Eu disse, vai não Baia, volta! Volta Baia, mas ele não deu ouvidos e foi ao açude onde acabou morrendo afogado” relatou dona Maria. ‘Baia’ era como o mecânico era conhecido na cidade. Ele deixou um filho recém-nascido cujo registro seria feito nesta tarde, fato que acabou não ocorrendo.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ANÁLISE – Governo precisa radicalizar na reforma da equipe de articulação política sob pena da gestão fracassar

A última votação para a criação da PB Saúde deixou muito claro que é imperiosa a necessidade de o Governo agir rápido para tentar compor uma base aliada sólida. O…

Secretário acredita em acordo com entidades para evitar greve das polícias

Em meio a possibilidade de uma greve das categorias responsáveis pela Segurança Pública do Estado, o secretário da Pasta, Jean Nunes, torce pelo êxito das negociações com as entidades das…