Um homem morreu afogado, na tarde desta quarta-feira (17), após fazer uma aposta para atravessar um açude, no município de Alagoinha, Agreste paraibano. A vítima foi identificada como Luís Juvino dos Santos, de 34 anos. Ele trabalhava como mecânico na cidade e estava no local para um momento de lazer, quando decidiu participar do desafio.

Conforme testemunhas, logo depois de dar algumas braçadas a vítima parou e já voltou à tona boiando. A esposa da vítima contou à imprensa local que o marido havia ingerido bebida alcoólica antes de ir ao açude. Ela contou que pediu que o marido ficasse em casa, mas ele insistiu e foi.

“Eu disse, vai não Baia, volta! Volta Baia, mas ele não deu ouvidos e foi ao açude onde acabou morrendo afogado” relatou dona Maria. ‘Baia’ era como o mecânico era conhecido na cidade. Ele deixou um filho recém-nascido cujo registro seria feito nesta tarde, fato que acabou não ocorrendo.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19 – prefeito do Sertão decreta toque de recolher como prevenção

Diante do descumprimento da população da medida de permanecer em casa como forma de evitar a propagação do novo coronavírus, o prefeito de Piancó, no Sertão paraibano, Daniel Galdino (PSD),…

Aprovado: PL de Wilson Filho proíbe corte de água, energia e despejo

Visando estimular trabalhadores paraibanos a não saírem de casa e, desta maneira, reduzirem as chances de contraírem o covid-19, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, projeto de…